Antiga universidade dará lugar ao Parque Piedade no Rio

 Antiga universidade dará lugar ao Parque Piedade no Rio
Digiqole Ad


Quatro prédios da antiga Universidade Gama Filho, localizada em Piedade, zona norte da capital fluminense, foram implodidos na manhã deste domingo (5). O campus, que estava abandonado desde 2014, após a falência da instituição, será transformado no Parque Piedade, com uma área de lazer em torno de 18 mil metros quadrados. 

O novo parque integra os planos de revitalização da região e conta com investimento de R$ 58 milhões da prefeitura carioca. O projeto tem prazo de conclusão de 15 meses. O valor pago pelas desapropriações foi de R$ 54 milhões.

O Parque

O projeto do Parque Piedade inclui um espaço para feiras e eventos, com horta urbana, parcão, academia e campo de futebol. Estão previstos ainda pista de skate, parque infantil, área juvenil com aparelhos de ginástica e parque aquático com cachoeira artificial.

Parte do antigo terreno ocupado pela Gama Filho será utilizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), que construirá um centro cultural, esportivo e educacional.

A Rua da Capela, onde está localizada a Capela Nossa Senhora da Piedade, tombada pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) em 1996, devido à sua importância arquitetônica, histórica e cultural, também será contemplada com melhorias de urbanização.

Valorização

O prefeito Eduardo Paes destacou que uma experiência bem-sucedida desses espaços públicos de qualidade foi o Parque Madureira, situado no bairro do mesmo nome, também na zona norte. “Valorizou os imóveis do entorno, tirou um ponto de degradação. Tinha a questão da falta de áreas de lazer na região. Tenho muito orgulho de trazer mais essa área de lazer para Piedade, para a zona norte. Aqui tem um pouco da história de muitos cariocas que se formaram na Gama Filho. A memória será preservada com uma homenagem”, lembrou Paes.

Para realizar a implosão, foram necessários quatro toques de sirene que determinaram, respectivamente, o bloqueio total das vias, incluindo pessoas e veículos; inspeção final da área evacuada; toque de atenção; e aviso. A implosão ocorreu às 7h. Por volta das 7h30, houve a liberação da área, com exceção da Rua Manuel Vitorino, após a checagem realizada por técnicos e engenheiros.

A secretária de Infraestrutura, Jessick Trairi, informou que a demolição dos prédios menores do antigo Colégio Piedade foi iniciada no dia 5 de setembro, visando preparar todo o terreno para realizar a implosão dos quatro prédios. Parte dos resíduos será reciclada para utilização em outras obras da secretaria. “Após a retirada desse material, vamos começar a construção dos equipamentos que vão integrar o Parque Piedade”. 



Source link

----------------------------------------------------------------------------------