Em Manicoré e Codajás, FVS-RCP realiza treinamento em hemoparasitas para reduzir tempo de diagnóstico de doenças

Digiqole Ad

Capacitação acontece até este sábado (11/06)

Profissionais de saúde de Manicoré e Codajás recebem capacitação em hemoparasitas até sábado (11/06) – FOTO: Divulgação/FVS-RCP

Para promover a capacitação no diagnóstico de hemoparasitas de doenças como malária, filariose e doença de Chagas, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), realiza, até este sábado (11/06), uma visita técnica aos municípios de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus) e Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus).

A capacitação é realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM) da FVS-RCP, com objetivo de capacitar agentes de endemias e agentes comunitários de saúde que atuam em laboratórios nos municípios, para atividades que garantam a qualidade no diagnóstico de hemoparasitas.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, destaca que os treinamentos realizados simultaneamente nos municípios de Codajás e Manicoré fortalecem o diagnóstico rápido. “Com as coletas realizadas com qualidade e com a identificação imediata, é possível antecipar o tratamento de pacientes e reduzir o tempo desses diagnósticos nos municípios que recebem essa capacitação”, ressalta Tatyana.

“A capacitação dos profissionais de saúde é fundamental para a assistência dos pacientes nas atividades realizadas em hemoparasitas. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são elementos essenciais para o controle da doença na região amazônica, já que essas atividades precisam de um profissional treinado, visando qualidade no diagnóstico”, explica Ruth Cruz, gerente de endemias do Lacen-AM.

Hemoparasitas

O parasitismo é uma interação ecológica que acontece entre diferentes espécies, uma parasita e uma hospedeira, na qual a espécie parasita se associa ao seu hospedeiro, causando-lhe prejuízos. Estes organismos podem ser classificados como ectoparasitas quando vivem na área externa do hospedeiro, ou ainda como endoparasitas ao se alojarem dentro da espécie hospedeira.

Alguns endoparasitas pertencem ao grupo dos helmintos, como por exemplo os vermes causadores da teníase (Taenia solium e Taenia saginata). Outros endoparasitas pertencentes aos grupos de protozoários e bactérias podem também ser considerados como hemoparasitas ou hematozoários.

Referência

A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. O contato telefônico da FVS-RCP é o (92) 3182-8510.

Com informações da ACS

----------------------------------------------------------------------------------