PC-AM prende homem por homicídio qualificado ocorrido em maio deste ano, no bairro Dom Pedro

Digiqole Ad

Caso foi elucidado em menos de 10 dias

Delegado Ricardo Cunha – FOTO: Mayara Viana/PC-AM

Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), cumpriram, na segunda-feira (06/06), por volta das 10h, mandado de prisão temporária em nome de Francisco José do Nascimento, 27, pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil praticado contra Joel Maia de Melo, que tinha 41 anos. O crime ocorreu no dia 27 de maio deste ano, na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus.

Durante coletiva de imprensa realizada na sede da DEHS, bairro Jorge Teixeira, zona leste, o delegado Ricardo Cunha, titular da unidade especializada, destacou a celeridade das equipes policiais na elucidação de mais este caso, que foi solucionado menos de 10 dias após o crime.

A autoridade policial informou que, na ocasião do delito, o infrator estava em via pública, com a vítima e um vizinho deles, consumindo bebidas alcoólicas, quando acabaram se desentendendo. Segundo Ricardo, o homem já era conhecido na região por promover briga quando estava sob efeito de álcool.

“Francisco então se dirigiu à sua casa em busca de uma faca, no entanto, sua esposa não permitiu que ele se armasse com o objeto. Na sequência, ele pegou um pedaço de madeira, e retornou para encontrar Joel”, disse Cunha.

Conforme o titular da DEHS, imagens de câmeras de segurança das proximidades do local registraram o momento em que ambos caminhavam por aquela avenida, ocasião em que o infrator aborda Joel pelas costas e desfere várias pauladas na região da cabeça e corpo. A vítima ainda chega a ser socorrida e encaminhada a uma unidade hospitalar da capital, mas não resiste aos ferimentos e vai a óbito 24 horas depois.

Investigações e ordem judicial

Logo após os policiais tomarem conhecimento desse crime, entraram em campo a fim de identificar e prender o infrator. “Tivemos acesso às imagens das câmeras de segurança e conseguimos identificar o responsável pelo homicídio de Joel”, esclareceu Ricardo Cunha.

Com base nisso, foi solicitado à Justiça pelo mandado de prisão de Francisco. Após a ordem judicial ser expedida pelo juiz James Oliveira dos Santos, do Plantão Criminal, os policiais seguiram até a casa dele, no mesmo bairro onde o delito ocorreu, e efetuaram sua prisão.

Procedimentos

Francisco responderá por homicídio qualificado por motivo fútil. Ele será encaminhado à audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), no Km 08 da rodovia BR-174, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

MATERIAL EM ÁUDIO E VÍDEO

Link: https://we.tl/t-1p97lCVh4o

Conteúdo: Sonora do delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS

Com informações da ACS

----------------------------------------------------------------------------------