No dia de combate à violência contra pessoa idosa, PC-AM alerta para cuidados com idosos no âmbito familiar e social

Digiqole Ad

Junho é o mês dedicado a campanhas de proteção dos mais vulneráveis

Delegada Andréa Nascimento – FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM

Nesta quarta-feira (15/06) é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, que alerta a população sobre a violência contra essa população e sobre como denunciar, e intensificar ações nos órgãos da rede de proteção. Junho, denominado Junho Violeta, é também o mês dedicado para campanhas de proteção e também de combate e prevenção da violência. Por isso, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) informa a população sobre como identificar quando uma pessoa idosa está sofrendo violência no âmbito familiar.

A delegada Andréa Nascimento, titular da DECCI, explica que a especializada atua de forma permanente apurando e investigando crimes praticados contra a pessoa idosa, ressaltando que, na maioria dos casos, os próprios parentes são os autores da violência.

Em virtude disso, a titular da unidade especializada solicita que a família e a sociedade fiquem atentas a qualquer tipo de ação suspeita contra essas pessoas, bem como a sinais que possam sugerir que uma pessoa idosa esteja sendo vítima de violência.

“Muitas vezes fica difícil a identificação por parte de terceiros, em reconhecer que uma pessoa idosa esteja passando por qualquer tipo de violência, por acontecer justamente no âmbito familiar”, disse a delegada.

A titular reforçou sobre os sinais que podem ser identificados quando o idoso está sofrendo agressões.

“Os sinais de violência podem ser sutis, como mudanças repentinas no comportamento, variação de humor, falta de higiene, ou mais graves e visíveis, como desnutrição, agravamento de doenças neurológicas pré-existentes, marcas físicas ou até mesmo um pedido de socorro involuntariamente”, reforçou Andréa.

A delegada assinalou ainda que o dia 15 de junho serve para conscientizar a população quanto ao combate à violência contra a pessoa idosa, e ressaltou as ações que a DECCI, juntamente com outros órgãos de proteção, irão realizar neste mês.

“Durante todo o Junho Violeta vamos estar informando a população sobre os tipos de violências, sobre como identificar e denunciar. Também falaremos sobre a questão da reflexão e conscientização pessoal, no sentido de garantir os direitos da pessoa idosa em sua integralidade, principalmente no âmbito familiar, onde o respeito deve iniciar e prevalecer”, informou a delegada.

Registro de ocorrência

Caso alguém tenha conhecimento sobre crimes contra idosos, deve comparecer à DECCI, situada na rua do Comércio, 270, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul da capital, para registrar o Boletim de Ocorrência (BO).

As denúncias podem ser feitas também nos Distritos Integrados de Polícia (DIPs), na Delegacia Virtual, por meio do endereço: https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/, ou pelo Disque Direitos Humanos (Disque 100), ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

MATERIAL EM VÍDEO

Link: https://we.tl/t-8PpB3PCk1g

Conteúdo: Sonora da delegada Andréa Nascimento, titular da DECCI

Com informações da ACS

----------------------------------------------------------------------------------